Quem sou eu

Minha foto
José Amaro Quint natural de São José, Santa Catarina, Brazil

F7 - João

(Pagina atualizada em 21/07/2012) 

Johann nasceu em São José no dia 10 de maio do ano de 1873 e batizado em 05 de janeiro do ano seguinte na Igreja Evangélica de Confissão Luterana da extinta Colônia Santa Isabel.

Aos 16 dias do mês de fevereiro do ano de 1895, e já com o nome aportuguesado, João Quint de profissão sapateiro com 21 anos de idade, acatólico, casa-se com Cecília Emilia Ferreira, domestica de 24 anos de idade. De religião Católica, nascida no dia 18 de maio do ano de 1870 e batizada na Paróquia da Freguesia de São José. Cecília era filha de Antonio Machado Ferreira e Margarida Ferreira de Bittencourt.

As cerimônias Religiosa e Civil foram realizadas, na residência dos pais de Cecília em São José. (No registro religioso o sobrenome de Margarida consta como sendo da Silva e no registro civil de Bittencourt).

João Quint se tornou um conhecido comerciante em São José, onde tinha na Rua Padre Cunha um armazém de secos e molhados que veio a vender para o Senhor Juventino José da Silva. A transferência do referido estabelecimento comercial foi solicita ao Coletor das Rendas Estaduais de São José em 29 abr 1926.

No dia 11 de setembro de 1940, aos 67 anos de idade João Quint, faleceu de morte natural, e foi sepultado no Cemitério Público desta Cidade, Jazigo Eterno da Família Quint, deixando nove filhos nascidos em São José-SC. João, Cecília, Guilherme, Frederico, Flora, Sylvio, Maria, Elisa e Berta.

Alem dos filhos deixado foi verificado, que em 27 Jun 1906 nasceu uma menina, batizada em 23 de setembro com o nome de Silvia, veio a falecer em 23 Fev 1907 aos 8 meses de idade.

Cecília Ferreira Quint, nome que passou a usar após o casamento, faleceu no dia 05 de fevereiro do ano de 1958 e está sepultada no túmulo ao lado do Jazigo Eterno da Família Quint, do Cemitério do Centro Histórico de São Jose-SC.


(Fig 01) Foto de 10 Nov 1934 - Sentados, João e Cecilia; Atraz - Esq p/ Dir: Bertha; Maria (Zinha); Não Idt; Flora; Guilherme; Não Idt e Eliza. Crianças não Idt.   (Acervo de Marcus Quint e restaurada por Wagner Renê Quint)


F01 - João Quint Junior


Nascido em 01/12/1895, João foi batizado em 16/02/1896 na Igreja Matriz de São José, e teve seu registro civil somente em 15/10/1917. Casou na mesma Igreja no dia 13 de maio do ano de 1918, com Cecília Maria de Souza de 20 anos de idade, nascida em Biguaçu-SC e batizada em são Pedro de Alcântara - Distrito de São José. Filha de Jesuino José de Souza e Maria Luiza de Souza. Em 24/09/1937, no Distrito de Garcia (Pela lei estadual nº 781, de 07-12-1961, desmembra do município de São José os distritos de Angelina e Garcia. Para formar o novo município de Angelina) é realizado o casamento civil, data em que João Junior e Cecília já contavam com nove filhos: João Neto, Aurino, Romualdo, Jacy, Carlos, Reinaldo, Araci, Aurélia e Célia.
Neste período ainda tiveram um filho de nome Renato, nascido em São José, que veio a falecer com um ano e meio de idade no dia 05 de abril do ano de 1932. [“.......... Segundo o atestado faleceu de morte natural e vai ser sepultado no cemitério público desta Cidade..........”] (Reg. de Óbito). 

Após o casamento civil pelo regime de comunhão universal de bens, o casal teve ainda mais dois filhos, nascidos em São Bento do Sul: Altamiro José, em 23 Nov 1938 e Amélia em 19 Fev 1941, que veio a falecer ainda menina no dia 16 de outubro do ano de 1953. [“........... , faleceu em um desastre rodoviário, à estrada D. Francisca,......., vitima de.............”] (Reg Óbito).

João Quint Junior, que era industriário aposentado, faleceu em São Bento do Sul-SC no dia 17 de junho do ano de 1975 aos 79 anos de idade. E Cecília Maria Quint que era nascida em 01/04/1898, faleceu no dia 27 de abril do ano de 1979. 

01 - João Neto (*18/08/1918)-Tubarão-SC, casou(1)  no dia 05/10/1942, com Rosa dos Reis Bertoldo (*27 Ago 1922)-São Bento do Sul. Filha de João Bertoldo e de Olivia dos Reis Bertoldo, passando a assinar Rosa Bertoldo Quint.

02 – Aurino (*18/04/1920)-Dist. de Pedras Grande-Tubarão-SC, casou(1) em São bento do Sul no dia 23/11/1946, com Elvira Riehn (*23 Dez 1923)-Mafra, filha de Walter Riehn e de Ana Riehn.
Aurino faleceu em 29 Abr 2000 e Elvira Quint em 02 Set 1999.

03 – Romualdo (*17/04/1922)-Dist. de Garopaba-Tubarão-SC, casou(1) em 29/12/1951, com Dinah de Melo (*02 Jun 1925)-São Francisco. Filha de Manoel João de Melo e de Virginia Oliveira de Melo.
Romualdo faleceu em 10 Out 1996, em Joinville e Dinah Quint em 28 Jul 2005.

04 – Jacy (*14/06/1924)-Tijucas-SC, casou(1) em 18 Nov 1944, com João Schreiner (*18 Set 1923)-São Bento do Sul, filho de Adolfo Schreiner e de Tereza Schreiner.
Jacy Schreiner faleceu em 03 Set 1998 e João em 19 Set 1982.

05 – Carlos (*04/11/1925)-Freguesia de S.Pedro de Alcântara-São José-SC(3),  casou(1) em 18 Nov 1944, com Irma Ferrazza (*09 Jun 1931)-Jaraguá do Sul. Filha de Claudio Ferrazza e de Herminia Gobbi Ferrazza, passando a assinar Irma Quint.

06 – Aracy (*30/06/1928)-Casou em 23 Fev 1955 com Severiano Cesar Linhares. Faleceu em 02 Out 2001. (Dados orais fornecidos por Iolanda Maria Dreveck)

07 – Reinaldo (*30/08/1932)-Freguesia de S.Pedro de Alcântara-São José-SC(3), casou(1) em 14 Abr 1955, com Balbina Stepanski (*28 Jan 1934) em Canoinhas. Filha de Sergio Stepanski e de Teofila Latuscheski Stepanski, passando a assinar Balbina Quint.

08 – Aurélia (*03/09/1934)-Casou em 26 Abr 1958 com Acílio Schröeder. (Dados orais fornecidos por Iolanda Maria Dreveck)

09 – Célia Christina (*24/07/1936)-Freguesia de S.Pedro de Alcântara-São José-SC, casou(1) em 12 Jul 1958, com Alfredo Dreveck (*11/05/1937)-Porto União-SC, filho de Antonio Dreveck e Victoria Dreveck, passando a assinar Célia Christina Dreveck. (Dados orais fornecidos por Cecilia Dreveck Hansen)

10 – Altamiro José (*23/1/1938)-São Bento do Sul-SC,casou(2) em 27/12/1962, com Elisabeth Anton (*24/04/1945)-Rio Negrinho. Filha de Rodolfo Anton e de Relina Anton, passando assinar Elisabeth Anton Quint.
(Fig 02) Atraz - Esq p/ Dir: Aurino; Carlos (Carlito); Jacy; João Neto (Joca); Araci e Romualdo. Frente - Esq p/ Dir: Reinaldo; Aurélia; Da Cecilia Maria Quint com Altamiro José ao colo; Sr João Quint Junior e Célia. Obs: Segundo informação de Altamiro José Quint, pai de Wagner Renê Quint esta foto foi tirada por volta de 1940 e que Cecilia Maria estaria grávida de Amélia. (Acervo e restauração: Wagner Renê Quint)

(1) – Cartório de São Bento do Sul-SC 
(2) – Cartório de Rio Negrinho-SC
(3) – Cartório de São Pedro de Alcântara-SC

F02 - Cecilia Quint

Nascida em 02/06/1897, foi batizada em 21 Ago 1897 na Igreja Matriz de São José-SC. Casada em São José em 18/04/1914 com José Siegel, nascido em 19/03/1889 e batizado em 12 de Abril na Vila de São Luiz Gonzaga(1) (Hoje Município de Brusque-SC), filho de Antônio Siegel e de Lina Veschenfelder, nascida na Alemanha e naturalizada Brasileira.
Em São José, José Siegel possuía uma marcenaria que não podendo continuar com a mesma, solicita ao Coletor das Rendas Estaduais nesta Cidade, em 29/06/1918 a exclusão de seu nome nos lançamentos de impostos referentes a Indústrias e Profissões.

Cecília Quint Siegel, faleceu em 03/03/1954-Brusque-SC, deixando cinco filhou:
José, Walter, Osvaldo, Valdir e IolandaJosé Siegel e Cecília ainda tiveram um filho de nome Alvaro, nascido em 22 fev 1917, mas esta criança faleceu muito cedo, informou o Sr Valdir Siegel.

Em 19 de maio de 1967, José Siegel que era casado em 2º núpcias com Maria Kosel, falece em Brusque não deixando filhos deste casamento. 

01 – José Siegel Junior (*13 Fev 1915)-São José-SC, casou(1)  em 26 Ago 1939, com Maria Contesini (*11 Fev 1916)-Brusque. Filha de Ernesto Contesini e de Maria Contesini. Nesta data declaram que já eram casados pela Igreja Católica e que já existia uma filha de nome Noélia Maria, nascida em Brusque no dia 15 de abril do ano de 1938.

02 – Walter Siegel (*25 Dez 1915)-São José-SC, casou(1)  em 29 Jul 1943, com Olivia Scharf (*21 Abr 1920)-Bom Retiro-SC. Filha de Rudolpho Scharf e de Maria Manrich, passamdo assinar Olivia Siegel.

03 – Osvaldo Siegel (*15 Jun 1920)-São José-SC, casou(2)  em 24 Mar 1942, com Elvira Leithold (*01 Nov 1922)-São Bento-SC. Filha de José Leithold e de Tereza Leithold, passamdo assinar Elvira Siegel.

05 – Waldyr Siegel (*06 Dez 1936)-Brusque-SC, casou(1)  em 18 Mai 1963, com Maria Odete Sagaz (*21 Jun 1943)-Brusque-SC. Filha de Manuel Sagaz e de Maria Lelia Tomazoni Batista, passando assinar Maria Odete Siegel.
(Fig 03) Foto de 1939 em  Brusque-SC - José Siegel e Cecilia Maria Quint, crianças Valdir e Iolanda (Filhos)
(Acervo de Osni Antonio Machado)

Ainda sendo pesquisado o registro de nascimento e casamento:
- Iolanda (*1935), casou em Curitiba (Informação oral)

(1)                – Cartório de Brusque-SC
(2)                – Cartório de São bento-SC

F03 - Guilherme Quint

Nascido em 08/05/1899, Guilherme foi batizado em 30/07/1899 na Igreja Matriz de São José-SC e em 27 de janeiro do ano de 1921, em um Oratório particular o Coadjutor Frei Erasmo Lorenzem, une em matrimonio a Maria Magdalena Coelho. Maria, filha natural de Amélia Coelho, neta materna de José Eugenio e Clementina Eufrazio, nasceu em 13/04/1900 e foi batizada em 28 de abril do mesmo.

Guilherme que era Alfaiate, ainda no ano de 1921, aos dois dias do mês de maio, incorpora no então 14º Batalhão de Caçadores (hoje 63º BI), onde prestou o serviço militar como Cabo Enfermeiro, sendo licenciado em 1º de abril do ano seguinte por termino de tempo de serviço.

Guilherme, de profissão Alfaiate, faleceu no Estreito-Florianópolis-SC, às 06 horas do dia 11 de junho do ano de 1963, aos sessenta e quatro anos de idade. Seu sepultamento ocorreu no Cemitério público de São José-SC. Deixou 09 filhos: Adélia, Osni, Helena, Maria, Luiz, Carlos Guilherme, Maria Vera, Pedro Paulo e José Flávio.

Já, Maria Madalena Coelho, filha natural de José Coelho, faleceu no Estreito, Rua Santos Saraiva, ás 6 horas do dia 8 de junho de 1983 e seu sepultamento teria acontecido no mesmo Cemitério. Deixa 05 filhos: Adélia com 61 anos de idade, Osni com 60, Helena com 56, Maria com 53 e Luiz Carlos com 43.
De acordo com os documentos de óbitos verificados, Guilherme e Maria faleceram solteiros, fato que comprova que não houve casamento civil.

F04 - Frederico Quint

Nascido em 29/03/1901, e batizado na Igreja Matriz de São José-SC em 29/67/1901, Frederico casou com Maria Carolina Leite na Catedral de Florianópolis no dia 13 de setembro de 1924, filha natural de Luiza Maria de Jesus, neta materna de Manoel Pedro da Cunha e Maria Luiza da Cunha. Maria foi batizada na Matriz de São José aos 30 dias do mês de agosto de 1902, com dezoito meses de idade.

No dia 15/01/1929, o então 3º Sgt Frederico Quint do 14º Batalhão de Caçadores, e residente no Distrito de Saco dos Limões-Florianópolis-SC, oficializa seu casamento com Maria de Jesus, nascida em 02/04/1901, filha natural de Luiza Roza de Jesus. Nesta da Frederico e Maria já contavam com três filhos: Frederico Junior (*28/09/1924); Zilda (*12/06/1927) e Armando (*19/11/1928).

Em 18 Mar 1931, nascia Saul e em 05 Fev 1937 Paulo, mas outros poderiam ter gerado.

Em 1945, o Diário Oficial da União do dia 05 de fevereiro, publica a reforma do 2º Sargento Frederico Quint do 20º Regimento de Infantaria (hoje 20º BIB), visto ter sido julgado definitivamente incapaz para o serviço do Exército.

Retificação: Fica retificado o nome da mãe dos filhos registrado para Maria de Jesus Quint de acordo com o despacho do M. M. Juiz da 2ª Vara Civil aos 12/02/1971 e 30/04/1971. 

F05 - Flora Quint

Nascida em 10/02/1904, Flora foi batizada em 19/03/1904 na Igreja Matriz de São José, e teve seu registro civil somente em 15/10/1917. Casou em São José-SC em 17/06/1930 com João Antonio Wolff, nascido em 30/06/1898, filho de Antonio Francisco Wolff e de Basilissa Carolina Wolff. Flora passou a assinar, Flora Quint Wolff.

Flora Quint Wolff, faleceu em 29/05/1977 ás 18:30hs, no Hospital Gov. Celso Ramos-Florianópolis-SC e deixou três filhos: Rui João Wolff de 42 anos de idade; Rubens Wolff 39 anos e Mauro Wolff 36 anos.
Flora ainda teve duas meninas, nascidas gêmeas em 23/12/1938, e batizadas em São José-SC no dia 23/03/1939. Nely Norma Wolff, que veio a falecer em 07/04/1939 e Neidy Celia Wolff, que faleceu em 18/01/1966 em Florianópolis-SC.

João Antonio Wolff faleceu em 10/08/1985 (Cemitério São Francisco de Assis de Itacorubi-Florianópolis-SC, Jazigo Eterno da Família Wolff)
(Fig 05) Sentados, Flora Quint e João Antonio Wolff e filhos: Mauro, Rui, Rubens e Neide (Acervo de Marcus Quint)
F06 - Sylvio Quint

Nascido em 31/01/1906, Silvio foi batizada em 04/04/1908 do mesmo na Igreja Matriz de São José, e teve seu registro civil somente em 15/10/1917, sendo no referido livro omitido o ano de seu nascimento.

Retificação: Por despacho do Exmo Sr Dr Juiz de Direito da Comarca, exarado em requerimento de Sylvio Quint, de hoje datado, no qual pede a retificação do seu registro, por ter sido omittido do mesmo o ano de seu nascimento que foi de mil novecentos e seis (1906), fica assim retificada a respectiva omissão, para os fins de direito. São José, 18/12/1929.
Em 05/02/1944, na Cidade de Caçapava-SP, casou com Avelina Alves de Abreu.

Em 22 de março do ano de 1947 o Diário Oficial da União, publica: “O Presidente da República, resolve: De acordo com o disposto no Decreto nº 15.821, de 13 de outubro de 1944: Conceder: Medalha de Guerra aos sub-Tenentes e Sargentos mencionados na relação que a este acompanha, assinada pelo General de Divisão Canrebert Pereira da Costa, por terem cooperado no esforço de Guerra do Brasil. [...] 2º Sargento: [...], Silvio Quint, [...]”

Em 18 de julho do ano de 1969 o Diário Oficial da União, publica: “ [...] O Ministro de Estado do Exército resolve: [...] Reformar, de acordo com a alínea a do artigo 26 da Lei nº 4.902, de 16 de dezembro de 1965, por terem atingido, até 31 de dezembro de 1968, o limite de idade para permanência na Reserva: [...] 5ª Região Militar Capitão Silvio Quint

Sylvio Quint, faleceu no Hospital de Caridade Florianópolis-SC ás 15:00hs do dia 17/12/1977, sendo seu sepultamento no Cemitério Público de São José-SC, deixando esposa e 08 filhos:  Silvia Côrte, com 35 anos de idade; João Quint, com 34;  Sylvio Quint Filho, com 30; Ricardo Quint, com 28; Selma Borah, com 27;  Isabel de Abreu Quint, com 23; Marcus Quint, 20 e Aveline de Abreu Quint com11.

F07 - Maria Quint

Nascida em 11/11/1909, Maria foi batizada em 19/03/1910 na Igreja Matriz de São José, e teve seu registro civil somente em 15/10/1917. Casou no 2º sub-distrito da sede da Comarca de Florianópolis-CS, aos 3 dias do mês de julho do ano de 1947, com Dário Xavier Fortunato de profissão marítimo. Viúvo de Maria Silva Fortunato, nascido em Biguassú-SC em 15/05/1906, filho de Francisco Xavier Fortunato e de  Maria Xavier de Faria. Maria passou a assinar, Maria Quint Fortunato.

Dario era lotado no navio Carl Hoepcke quando: Em setembro de 1956, a algumas milhas do porto de Santos-SP, devido a problemas na casa de máquinas, aconteceu um incêndio e para apagar o fogo o navio precisou ser afundado sendo depois trazido de volta, em uma operação arriscada. Dario teria se lançado ao mar, sendo resgatado depois de mais de 30 horas.
No final deste ano nasceria o primeiro e único filho, uma menina a qual deram o nome de Miriam. Mas Miriam Quint Fortunato veio a falecer aos três meses de idade no dia 29 de janeiro de 1957.

Dário Xavier Fortunato, Faleceu no Hospital de Caridade em Florianópolis ás 19:15hs do dia 29/02/1972 aos 63 anos de idade. Já Maria Quint Fortunato, faleceu no Hospital Florianópolis ás 07:45hs do dia 12/09/1989 aos 79 anos de idade. Maria deixou apenas um filho adotivo, de 29 anos de idade, de nome Mauricio.

F08 - Eliza Quint

Nascida em 06/02/1912, Eliza foi batizada no dia 19 de maio do mesmo ano na Igreja Matriz de São José, e teve seu registro civil somente em 15/10/1917.

Casou no sub-distrito do Estreito, Cidade de Florianópolis-CS, aos 24 dias do mês de julho do ano de 1951, com Leopoldo Venceslau Biscaia de profissão sapateiro, nascido em 04/04/1912-Estreito-Florianópolis-SC, filho de Venceslau Antonio Biscaia e Urgelina Ernestina Biscaia. Eliza passou a assinar, Eliza Quint Biscaia.

F09 - Bertha Quint

Nascida em 12/06/1914, Bertha foi batizada no dia 06 de setembro do mesmo ano na Igreja Matriz de São José, e teve seu registro civil somente em 15/10/1917.

Casou em São José-SC, no dia 1º de março do ano de 1939, com Francisco Guedert,  de profissão Curtidor, nascido em 01/1/1907, residente em Santos-SP, Distrito de S. Vicente, filho de Francisco Frederico Guedert e Emélia Jacinta Scheffer. Bertha passou a assinar, Bertha Quint Guedert.

Bertha Quint Goedert, faleceu em 28/01/1998.




2 comentários:

  1. Parabéns! Trabalho Excelente e Maravilhoso. Ameeeiii.

    Agora querido sobrinho, você precisa me incluir.

    Depois que a familia souber q existo, acho que posso te ajudar c/algumas informações.

    Beijo no teu coração

    Obrigada por todo o esforço feito para resgatar nossas origens.

    Cecilia quint Biscaia

    ResponderExcluir
  2. Ameiiiii!!!! Sou neta do João Quint Neto!!!! Meu avô faria 99 anos!!

    ResponderExcluir